Cenáculo de Pentecostes reúne centenas de fiéis em Criciúma

O maior evento anualmente realizado pela Renovação Carismática Católica (RCC) da Diocese de Criciúma ocorreu neste domingo (11). O Cenáculo de Pentecostes, celebrado na Capela Santa Luzia (após transferência de local), reuniu mais de mil fiéis ao longo do dia.

Cenáculo RCC (1)

O coordenador da RCC de Criciúma, Gilmar Ricardo, fala sobre a alegria para o movimento em celebrar o encontro por mais um ano. “O Cenáculo de Pentecostes em nossa diocese é uma união de todos os grupos de oração, um propósito de Deus para que todos possam experimentar o batismo no Espírito Santo”.

A presença da juventude no evento também deixa o coordenador feliz e esperançoso para o futuro. “A Renovação Carismática e a Igreja Católica tem essa graça. A palavra de Deus ela vai dizer que quando estamos no espírito ele faz nova todas as coisas e este jeito novo que a Igreja trouxe através do movimento é algo que mexe com o coração do jovem pra ele se unir em busca do caminho certo”, destaca.

O pároco da Catedral São José, padre Antônio Júnior, comenta sobre a importância do Cenáculo de Pentecostes para a Diocese de Criciúma. “Para nós católicos, é sempre uma oportunidade de reavivarmos dom o espírito que habita em cada um de nós, e de uma vez mais clamarmos à Deus. Sem o Espírito Santo não existe Igreja Católica, ele é a alma, o alento, o sofro e o anima da nossa Igreja”.

Além do evento deste domingo, o sacerdote lembra que os católicos vivem um ano diferenciado. “Pra nós é uma ano bastante especial. Estamos celebrando 50 anos da Renovação Carismática, os 100 anos de Fátima e os 300 anos de Aparecida, estes são razões e motivos para agradecer à Deus”.

O evento iniciou às 8 horas deste domingo e terminou após a Santa Missa, presidida pelo bispo diocesano, Dom Jacinto Inacio Flach, com início às 16 horas. “Me sinto feliz em poder participar deste momento tão especial para a igreja como um todo e em nossa diocese, ver tantas pessoas reunidas para celebrar a descida do Espírito Santo, 50 dias após a Páscoa, é motivo de louvar ao Senhor”, comemora o bispo.

Fabrício Júnior.

Pin It