Boninho transforma The Voice em novo Big Brother Brasil

img-573810-caras-ve-tv-boninho-transforma-voice-em-novo-big-brother-bra20131219221387500910

Boninho voltou a mexer na dinâmica do The Voice Brasil durante a semifinal desta quinta-feira, 19.

Logo no começo do programa, Tiago Leifert explicou a nova regra da atração: o voto do público seria transformado em pontos. Se um candidato recebesse 60% dos votos, seria convertido automaticamente em 60 pontos. O oponente com 40% ficaria com 40 pontos.

E caberia aos técnicos dar mais 30 pontos para seus candidatos, podendo distribuir livremente a pontuação, beneficiando ou prejudicando quem achasse melhor e pior. E ao final, somariam-se os pontos do público que votou em casa e os técnicos no palco da atração.

Tiago, muito didático, explicou pausadamente a dinâmica para os técnicos. Muito lembrou o apresentador do Big Brother BrasilPedro Bial, explicando como funcionaria as provas do líder do reality, por exemplo. Assim como o criador, Tiago perguntou para DanielClaudia Leitte,Lulu Santos e Carlinhos Brown se haviam entendido o que falou.

Em 2012, os técnicos definiram os finalistas da competição na primeira parte do programa final, que teve a vitória de Ellen Oléria, do time de Brown. Em 2013, o público poderá votar durante toda a semana no grande vencedor da edição, que será disputada por Pedro Lima, Lucy Alves, Rubens Daniel e Sam Alves no dia 26 de dezembro.

No começo do mês, Boninho criou o “Salvei” na fase do Tira-Teima do programa. Só que uma semana depois, ainda na mesma fase, resolveu tirar do ar a novidade e prejudicou outros candidatos que poderiam ser salvos e continuar na atração. A única que se beneficiou com a novidade-relâmpago foi Khrystal, salva por Claudia Leitte.

Nas recentes edições do Big Brother, Boninho tem sido criticado pelo público ao não deixar claro previamente as regras da atração. Em 2013, o “poder do não” se manteve no reality, mas foi criada uma prova da repescagem para salvar os vetados da prova do líder. Algumas vezes, o ganhador poderia chamar alguns participantes de volta, mas em algumas semanas só o vencedor poderia se salvar.

Além disso, Boninho criou diversas novidades na edição, como o BBB Vai e Volta, que tirou da casa por 24h a participante Anamara — que ficou assistindo tudo o que acontecia no confinamente direto de um quarto, benefiando-se com informações privilegiadas.

Ao contrário da primeira edição do The Voice Brasil, que deixava claro as regras do jogo, nesta segunda temporada as “novidades” e mudanças ao longo da competição criaram uma complicação desnecessária a uma disputa saudável, que não precisa de polêmicas para ser um sucesso.

Pin It