“Competição de música não é legal”, dispara Ivete Sangalo

Ivete-Sangalo-620x465

Depois de Claudia Leitte, outra musa da música brasileira tirou um tempinho na agenda para conversar com o RD1. Ivete Sangalo recebeu nossa equipe em seu camarim, no show da banda Jammil, que aconteceu em Salvador nesta quinta-feira (26).

Veveta, como é chamada pelos fãs, conversou sobre a final do “The Voice” e confessou que não pôde assistir o programa na íntegra, mas elogiou toda a produção.

“É muito bom, é uma tara (risos). Tem dias que eu não pude assistir, por causa de compromissos e tal… ontem mesmo eu assisti metade e na outra metade fui só recebendo mensagem do povo dizendo quem tinha ganhado. É um programa de música muito bom, é um entretenimento legal pra gente”, disse.

Depois, ela não se mostrou totalmente a favor do formato do programa, por envolver competição de música, mas ressaltou que é de se aplaudir a oportunidade que artistas desconhecidos têm de mostrar seu potencial em rede nacional e poderem ser vistos.

Uma competição de música é muito difícil pra todos os artistas, não é legal. Tanto pra quem julga como pra quem é julgado, pra todos os nossos colegas que estão ali no palco… porque é música. É difícil tratar de música com esse critério. Mas é um programa que dá oportunidade para os artistas cantarem e mostrarem a capacidade que tem. Todo mundo tem uma oportunidade. É uma oportunidade muito positiva, de poder se apresentar para o Brasil inteiro”, falou Ivete.

Por fim, a cantora foi questionada se sentia vontade de estar no corpo de jurados no “The Voice Brasil”. Ivete desconversou: “Quando eu assisto o The Voice, minha vontade é de estar na praia (risos), tomando sol“.

RD1.

Pin It