5 ingredientes para um casamento feliz

web3-happy-couple-man-woman-married-hug-laughing-joel-carter-pexels

Cerca de 500 casais felizmente casados foram entrevistados recentemente sobre o que mais os ajudou a manter seus casamentos. E as respostas, em ordem de importância, foram as seguintes:

– confiança mútua (52%);

– fé e espiritualidade (27%);

– boa comunicação (18%).

Eles também destacaram outros elementos fundamentais para um bom casamento: comprometimento, amar os filhos e lutar por eles, trabalhar juntos na solução dos conflitos, paciência, perdão e passar tempo juntos. (Fonte: CARA, Marriage in the Catholic Church: A Survey of U.S. Catholics, 2007, p. 90)

Por outro lado, ao interrogar um grande número de pessoas separadas ou divorciadas, a pesquisa revelou que, para a grande maioria delas (58%) o que mais afetou a relação foram problemas de comunicação, seguidos pela falta de comprometimento e confiança (51%). Entre os hispânicos, os principais entraves foram os problemas econômicos (48%), problemas na criação dos filhos (47%) e a relação com a família do cônjuge (38%). Além disso, surgiram na pesquisa o fato de os casais não poderem passar o tempo juntos e as dificuldades em suas vidas íntimas (CARA, Marriage in the Catholic Church: A Survey of U.S. Catholics, 2007, p. 100-101).

Resumidamente, podemos dizer que, entre muitos fatores, há alguns que definitivamente podem ser chaves para um casamento feliz. Por isso, tendo em conta esses dados e outros provenientes de especialistas em relações de casais, esta seção abordará os seguintes temas:

O comprometimento

Como mostram as pesquisas e repete a doutrina da Igreja, o amor matrimonial baseia-se na fé e no comprometimento que um cônjuge professa ao outro. Muitos problemas de comunicação, de intimidade e de convivência podem ser evitados se os votos de confiança e a decisão de amar um ao outro – pronunciados no dia do casamento – continuarem sendo fortalecidos a cada dia, diante de cada situação. Por isso, vale a pena explorar o sentido e o valor prático deste elemento tão importante para o seu matrimônio.

Valores em comum

Um dos elementos que mais contribuem com a harmonia e a estabilidade de um casal são os valores que eles têm em comum. Eles são como um tesouro, do qual as decisões diárias são alimentadas, tanto para a vida em casal quanto para o gerenciamento do dinheiro, a criação dos filhos, as relações com as famílias, etc. Enfim, o poder desse tesouro é enorme e é algo que se pode aprender a usar e a enriquecer.

A comunicação

Aprendemos a falar nos primeiros anos de vida, mas aprendemos a nos comunicar ao longo dela e à medida que descobrimos que nem todas as pessoas entendem as coisas da mesma forma nem se expressam através dos mesmos meios. Uns são mais espontâneos, outros reservados. Uns usam palavras, outros usam gestos e ações para expressar sentimentos. Muitas dificuldades que fazem os casais se desgastarem têm suas origens nas diferenças de comunicação. Descobrir a forma de comunicação de seu parceiro é a melhor forma de expressar seus sentimentos a ele – e será uma grande ajuda.

Ferramentas para a solução de conflitos

Discordar de opiniões é normal. Mas, para que essas diferenças não sejam motivos de conflito e, muito menos, de uma crise matrimonial, é preciso aprender as técnicas de comunicação e solução de conflitos. Esta aprendizagem é conveniente para todos, pois, embora às vezes tendamos a imaginar que o problema é do outro, é evidente que comunicar-se é uma arte com técnicas muito variadas e cada pessoa é um mundo que vale a pena aprender a decifrar e conquistar.

Espiritualidade e fé

Falando de recursos para um casamento feliz, devemos considerar de maneira muito especial o que Deus coloca em nosso matrimônio e em nossas relações afetivas. O amor é a fonte das relações. Por isso, aprender a amar não é outra coisa a não ser aprender a ouvir a vontade de Deus e segui-la em nossa vida pessoal e de marido e mulher. Quando este caminho de busca do amor verdadeiro e da espiritualidade é um empenho que o casal quer experimentar junto, grandes bênçãos se fazem presentes na vida dele. Por isso, seja pelo fato de estarem passando por um momento difícil da relação, seja porque querem conservar a felicidade que estão experimentando, aprender a desenvolver a espiritualidade certamente fortalecerá o amor.

Por Aleteia.

Pin It