Agentes de trânsito de Criciúma passam a atender chamados pelo 190

Os moradores que necessitam acionar os agentes de trânsito de Criciúma devem discar 190, telefone de emergência da Polícia Militar (PM). Buscando simplificar os atendimentos aos criciumenses, a Administração Municipal, por meio da Autarquia de Segurança, Trânsito e Transporte de Criciúma (ASTC), em parceria com o 9° Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Criciúma, efetuam o registro de ocorrências na Central Regional de Emergência (CRE). Os trabalhos iniciaram na segunda quinzena de março.

Em escala, quatro agentes de trânsito executam o trabalho. “Os telefonistas atendem as ligações e o que for referente ao trânsito, transfere para o agente. Ele vai registrar o boletim de ocorrência e, se tiver câmera de monitoramento naquela localidade, vai verificar a causa do problema. Depois vai repassar a informação, por rádio, ao agente de trânsito que estiver mais perto do local para controlar a situação”, explica o gerente de Operações de Trânsito da ASTC, Paulo Borges.

Os atendimentos são realizados das 6h30min às 24h. “Essa integração com a Polícia Militar é importante para a melhoria na qualidade dos atendimentos. Além de proporcionar um serviço com mais agilidade, simplifica o trabalho da população. Muitos moradores não conheciam o 153 e, por isso, ligavam para a PM, então eles tinham que repassar a informação aos agentes de trânsito. A integração vai facilitar os atendimentos das ocorrências”, ressalta o presidente da ASTC, Gustavo Medeiros.

No total, a ASTC conta com 47 agentes de trânsito, responsáveis por fiscalizar o trânsito e orientam a comunidade nas vias da cidade. Além do trabalho ostensivo, duas viaturas e duas motos são utilizadas para atender as ocorrências. O atendimento pelo 153 da Guarda Municipal (GM) foi desativado após a extinção do órgão, em janeiro deste ano.

Émerson Justo 

Pin It