Diretores da rede municipal recebem orientações sobre reformulação do PPP

Reformulação PPP - Milena dos Santos 01

Visando contribuir efetivamente para eficiência e eficácia do trabalho das equipes escolares da rede municipal, a equipe da Secretaria Municipal de Educação de Criciúma, está realizando encontros para orientar diretores sobre a revisão e reformulação do Projeto Político Pedagógico (PPP), documento que norteia os trabalhos dentro das unidades escolares municipais. A primeira reunião foi realizada na tarde desta quarta-feira (17), na sede da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), e contou com diretores de 20 escolas que possuem anos finais (6º ao 9º ano).

De acordo com a coordenadora pedagógica da Educação, Silvana Alves Bento Marceneiro, o objetivo dos encontros é mobilizar os profissionais para atuarem como formadores e tutores na orientação técnica para reformulação do documento escolar. “O Projeto Político das escolas deve ser construído de forma coletiva com a comunidade escolar em todo seu desenvolvimento. É preciso que os diretores fomentem a colaboração de todos para a reformulação do PPP, pois ele que norteará os trabalhos da instituição. Esse documento deve ser funcional, que apresente a realidade da escola, que oportuniza que todos os anos se organizem as ações”, comenta Silvana.

Para reformular o PPP, ou criar em escolas que ainda não possuem, a comunidade usará os seguintes documentos orientadores: Plano Nacional de Educação (PNE), Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN’s), Base Nacional Comum Curricular (BNCC), Plano Municipal de Educação (PME), Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (DCMEI). Nesta quinta-feira (18), na parte da manhã serão atendidos diretores das escolas com anos iniciais (1º ao 5º ano) e na educação infantil.

Segundo a secretária de Educação, Roseli de Lucca Pizzolo, todas as atividades que serão realizadas terão apoio da equipe de coordenação pedagógica. “Vamos mexer com a comunidade escolar, trazer a ideia das pessoas para o projeto. Cada escola terá autonomia para elaborar seu PPP, já que cada comunidade tem sua visão, seu modo de vida. Como será feito reformulação na maioria dos casos, o documento será apenas reestruturado”, destaca Roseli.

Milena dos Santos

Pin It