Estacionamento rotativo de Criciúma será administrado pela prefeitura

Rua Henrique Lage - Arquivo Decom

O controle de estacionamento rotativo de Criciúma será gerenciado e fiscalizado pela Administração Municipal. Inativo há mais de dois anos, o sistema volta a funcionar nas próximas semanas. De acordo com a Autarquia de Segurança, Trânsito e Transportes de Criciúma (ASTC), aproximadamente 772 vagas serão administradas em 16 ruas do Centro.

Conforme o prefeito Clésio Salvaro, o Governo de Criciúma descartou a possibilidade de firmar um contrato com a empresa BR Parking Estacionamentos Ltda., responsável pelos parquímetros instalados na região central da cidade. “Analisamos as formas legais para o rotativo voltar a funcionar. Os equipamentos seriam alugados, mas sairia muito caro para o município. Encontramos outra maneira para operar o sistema”, ressalta.

A rotatividade nas vagas de estacionamento será fiscalizada por 50 monitores, sem auxílio dos parquímetros. “Os parquímetros serão retirados pela BR Park. Todo o sistema será gerenciado pela Prefeitura de Criciúma, através de monitores, que serão contratados. A estimativa era iniciar os trabalhos em até 45 dias, mas acreditamos que o sistema volta a operar antes deste prazo”, explica o coordenador do rotativo de Criciúma, Frank Bez Fontana.

De acordo com o presidente da ASTC, Gustavo Medeiros, os monitores serão capacitados para fiscalizar as vagas e orientar os condutores. “Neste primeiro momento, vamos monitorar a área azul, onde os motoristas poderão estacionar seus veículos por até duas horas. O rotativo é um pedido antigo dos comerciantes e condutores”, comenta Medeiros. A ASTC começou a sinalizar a área azul na segunda-feira (20).

O controle de estacionamento rotativo de Criciúma está suspenso por conta de um processo judicial em trâmite no Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). O valor a ser cobrado no novo sistema será estabelecido após estudos realizados pela Prefeitura de Criciúma.

Jhulian Pereira

Pin It