Lançado em PG o Programa Gestão da Propriedade Rural

Nesta sexta feira em Presidente Getúlio foi lançado o  Programa Gestão da Propriedade Rural – Produtor 10, desenvolvido em parceria com a Epagri, Japan Tobacco Internacional (JTI) e Senar.

O programa orienta os trabalhadores rurais para o planejamento e a gestão da propriedade, visando a sua sustentabilidade social, econômica e ambiental. As ações envolvem todos os membros das famílias e são voltadas para o sucesso do empreendimento e para que os trabalhadores rurais vivam felizes no campo e agricultores por opção. Segundo o presidente da Fetaesc, José Walter Dresch, o diferencial do programa é a assistência técnica realizada para o conjunto da propriedade e não apenas por atividade agrícola.

A agricultura familiar vem ganhando cada vez mais espaço nas discussões relacionadas ao desenvolvimento das cidades. No entanto, muitos dos modelos propostos têm o agricultor como objeto para promover ações e não como objetivo de viver dignamente no campo, levando a desruralização, onde os agricultores vislumbram nas cidades “condições melhores de vida”. Entre 1996 e 2000, em Santa Catarina, 164 mil pessoas deixaram o campo, ou seja, 13,3% da população rural – (IBGE censo 2000).

De acordo com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, até 2020, a população global passará de 6,2 bilhões de pessoas para 8,3 bilhões e a demanda por alimentos se expandirá de 2,45 bilhões de toneladas de alimentos, para 3,97 bilhões. Portanto, será necessário dobrar a produção agrícola mundial em oito anos.

Segundo o coordenador do projeto e assessor de planejamento da Fetaesc, Irineu Berezanski, a metodologia do programa busca integrar a família na produção e convivência; melhorar a produtividade e qualidade da produção; humanizar o trabalho e maximizar os fatores de produção disponíveis na propriedade.

O programa já foi lançado em Pinhalzinho, na região Oeste e na região Sul, no Morro da Fumaça.

Além disso, de 14 a 18 de maio os técnicos agrícolas serão treinados pela EPAGRI para operar o Programa de Contabilidade Agrícola (CONTAGRI) e pela Fetaesc para operar o Programa de Planejamento da Propriedade (PLESAGRI).

Para mobilizar, organizar e contribuir com a implantação do programa nas propriedades rurais catarinenses, a Fetaesc tem como parceiros os 199 Sindicatos de Trabalhadores Rurais presentes nos municípios.

Pin It

Comentários estão fechados.